Você já pesquisou por “resort all inclusive” alguma vez antes de programar aquela viagem especial? É uma tentação, não é mesmo? Ter uma estadia de “rei”, com tudo o que há de direito em questão de gastronomia, bebidas… Uma viagem para ser inesquecível!

Muitos resorts de grandes destinos turísticos oferecem esse modelo de pensão, ou pacote, e essa tendência só faz crescer. E um dos grandes motivos para se optar por um all inclusive, que nada mais é que um regime de alimentação e bebidas, é a certeza de não gastar nada além do planejado. Fazer o check’out sem medo de alguma surpresinha.

Mas antes de optar por essa modalidade de pacote de hospedagem, é importante entender que há muitas diferenças entre all inclusive e pensão completa. E isso poderá fazer uma grande diferença no momento de escolher um hotel fazenda ou um resort que seja ideal para a sua viagem.

As duas modalidades de regime de alimentação atendem a diferentes perfis de hóspedes. Para fazer a escolha correta é possível identificar qual combina melhor com a sua viagem e atende a todas as suas necessidades.

Como funciona a pensão completa?

A pensão completa não é nenhuma novidade para a maioria das pessoas que leem nossas dicas, já que a grande maioria dos hotéis e resorts de Brotas trabalham todos os dias com esse regime. Nele apenas as refeições principais estão inclusas no valor da diária: café da manhã, almoço e jantar. No caso do hóspede optar por consumir algo no intervalo das refeições, como um lanche ou petisco, um drink à beira da piscina, esse consumo será pago à parte no momento do check out. Tudo com transparência e orientação dos colaboradores das hospedagens citadas.

Como funciona o all inculsive

O sistema all inclusive consiste basicamente em cobrar uma única taxa por toda a comida e bebida que o hóspede consumirá durante a sua estadia. Isso inclui café da manhã, almoço, jantar, e o que mais desejar pedir no bar ou restaurante ao longo do dia.

Mas o sistema acaba variando conforme o padrão e serviço oferecido de cada hotel. E é nesse momento que você deve avaliar atentamente o que significa o “all inclusive” da hospedagem que está analisando, já que o termo sugere que tudo será incluso. Mas muitas vezes o hóspede fica limitado a determinado grupo de bebidas e alimentos, prontos e disponíveis que, podem ou não, ser o esperado.

Portanto, ainda que seja permitido consumir o quanto quiser, dentro dessa determinação de itens, fica-se restrito à variedade. Alguns drinks elaborados e pratos sofisticados certamente não farão parte do menu.

Escolha o sistema de hospedagem que atenda suas vontades

Os hotéis, pousadas, hotéis fazenda e resorts de Brotas ainda não oferecem o sistema all inclusive. Mas o sistema de pensão completa é sempre requisitado por hóspedes que desejam um pouco mais de conforto e praticidade no momento de escolher o seu modelo de pensão. Conheça algumas das opções que podem fazer de sua viagem um momento inesquecível de contato com a natureza e descanso: